Voo direto de Portugal para a China arrancou em 26 de Julho



A ligação aérea direta entre a China e Portugal já começou a partir de ontem,  26 de Julho, com o primeiro voo direto entre Pequim e Lisboa em meio a muita confraternização entre chineses e portugueses, num esforço do governo socialista de Portugal para atrair mais turistas chineses ao país.

 O voo terá três frequências por semana - quarta-feira, sexta-feira e domingo - entre a cidade de Hangzhou, na costa leste da China, e Lisboa, com paragem em Pequim.

A Beijing Capital Airlines pretende ainda iniciar uma quarta frequência, mas esta ainda depende de aprovação do ministério de aviação da China.

O voo entre a China e Portugal será realizado pelo avião modelo 330-200 da Airbus, a maior aeronave comercial de passageiros da construtora europeia, com capacidade para 475 passageiros.

A Beijing Capital Airlines é uma das subsidiárias do grupo chinês HNA, acionista da TAP através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia  Azul no Brasil. A Ctrip, a principal agência de pesquisa de viagens da China, já incluía hoje este voo co um preço fixado de ida e volta em 6.400 yuans (870 euros).

Voo directo de Portugal para a China arranca a 26 de Julho

Nos últimos três anos, o número de turistas chineses que visitaram Portugal triplicou, para 183.000, e deverá aumentar "exponencialmente" com a abertura da ligação direta, afirmou no início deste mês a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

"Os chineses que chegam a Portugal são sempre...Continue lendo...

Ex-premiê de Portugal critica Moro e chama FHC e Serra de golpistas


 Resultado de imagem para jose socrates

O ex primeiro ministro de Portugal José Sócrates, numa entrevista concedida nesta quarta feira, 26/7, à imprensa estrangeira em Lisboa disse que Fernando Henrique e José Serra são golpistas e Moro e o Supremo Tribunal são cúmplices de um golpe. José Sócrates foi 1º ministro de Portugal entre 2005 e 2011. Sócrates atacou também o Judiciário Português pela operação Marquês, espécie de operação Lava-Jato lusitana em que ele é o principal investigado, mas sobrou também para a atual situação política brasileira.

Os golpistas brasileiros Fernando Henrique Cardoso e José Serra  vieram aqui a Portugal para falar para os professores de direito portugueses e explicar o golpe, como se nós não estivéssemos a ver o que se está a passar no país irmão. 
Eles vieram a Portugal participar do 4º congresso luso-brasileiro de direito que aconteceu em março de 2016 em Lisboa.
Na avaliação do líder socialista, o judiciário brasileiro também teve participação no golpe, pois Moro...Continue lendo...

Acesse Nossa Rádio CCLB do Brasil

Olá Amigos! O CCLB do Brasil agora tem uma rádio com belíssimas músicas e além disso temos momentos culturais!! Já temos a história de Camões, Pedro Alvares Cabral, Invasões Francesas ao Brasil, Os Governos Gerais do Brasil, enquanto relaxa ouvindo belas músicas, você também terá breves notas culturais. Em breve teremos muito mais histórias do Nosso Brasil! Espero que gostem!!!!

Para acessar nossa Rádio é fácil, clique no link http://cclbdobrasil.minharadio.fm ou
Ouça aqui no nosso Blog e no http://cclbdobrasil2.blogspot.com.br/
e se divirta!



Um Abraço a Todos!


CORRIDINHO DO ALGARVE

O MORRO DO CASTELO BERÇO DO RIO DE JANEIRO FOI DESTRUÍDO EM 1922

*O Morro do Castelo foi um acidente geográfico que existiu na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. Como um acidente geográfico pode deixar de existir? Assim foi feito no início do século XX. O Morro do Castelo, considerado o berço do Rio, foi destruído. Hoje só existe em maquetes e fotos antigas.
A história do Morro do Castelo começa no século 16, quando a cidade se mudou do Morro Cara de Cão. A mudança ocorreu em 1567, dois anos depois da sua fundação, quando os 120 portugueses, comandados por Mem de Sá, derrotaram os franceses, comandados por Nicolau Durand de Villegaignon. Como o Morro Cara de Cão era pequeno, a mudança foi necessária. O Morro do Castelo foi escolhido por razões de segurança. Os portugueses tinham o costume de construir vilarejos em pontos elevados e o Morro do Castelo era uma das quatro colinas existentes no Centro do Rio. Do Castelo tinha-se uma visão privilegiada de boa parte da Baía de Guanabara, o que facilitava a defesa. Além disso, era cercado por lagoas e manguezais, que dificultavam um ataque. Os índios Tamoios, pouco dóceis e inimigos naturais dos portugueses, tinham medo das colinas, pois as associavam a coisas demoníacas. Finalmente, a inclinação do morro favorecia o escoamento dos detritos. Naquela época, como atualmente em algumas favelas, jogava-se lixo na rua e a chuva tratava de levá-lo encosta abaixo.
Assim nasceu a cidade, com cerca de 600 pessoas, entre elas os fundadores que vieram com Estácio e Mem de Sá, jesuítas, índios catequizados, alguns franceses e umas poucas mulheres. Esses pioneiros ocupavam os 184 mil metros quadrados da colina, com limites nas atuais Rua São José, Santa Luzia, México e Largo da Misericórdia.
De início, logo no primeiro ano de ocupação, o morro ganhou suas primeiras construções. Em 1567 foi erguido o Forte de São Januário, rebatizado mais tarde de São Sebastião. Ficava na parte posterior do morro e foi feito, como as demais construções, de pedra e óleo de baleia. As paredes internas tinham um metro de espessura e sua aparência era a de um castelo, daí o nome do lugar. Meses antes o Morro do Castelo chegou a ser chamado de “Morro do Descanço”.
Em seguida foi construída a Igreja de São Sebastião, o primeiro templo do Rio, que se assemelhava a uma fortaleza. Tinha duas torres sineiras, usadas na vigilância da costa.
No Morro do Castelo foram construídos o primeiro sobrado da cidade, a Casa de Câmara e a Cadeia. A Igreja e o Colégio dos Jesuítas exerceram intensa atividade no Castelo até a expulsão dos padres desta Ordem pelo Marquês de Pombal, em 1759. Com a saída dos religiosos o colégio virou Palácio São Sebastião, depois hospital militar e, em 1877, hospital infantil São Zacarias.
As dificuldades do dia-a-dia não compensavam a segurança do isolamento. Assim, a nobreza carioca do século 16 desceu a ladeira, a Ladeira da Misericórdia, que era o único acesso ao Morro no início da sua ocupação. Da Rua da Misericórdia, a mais antiga do Rio, sobrou apenas uma via sem saída, com 40 metros e calçamento pé-de-moleque do século 17, no Largo da Misericórdia, que poucos cariocas reverenciam em meio ao corre-corre e a agitação do Centro.
Foi pela Ladeira da Misericórdia que a elite desceu os 64 metros do Morro do Castelo e seguiu em direção à várzea, a partir de 1570. Apenas o pessoal menos favorecido, principalmente pescadores, permaneceu no alto do morro, pois não foi contemplado com a distribuição de sesmarias, terras doadas pelo governador-geral, em nome da Coroa Portuguesa.
antigo morro
Com a mudança, veio a decadência e o local ficou marginalizado, evitado pelos cariocas. Com as obras que mudaram o centro da cidade no início do século passado, muitas famílias desalojadas encontraram abrigo no Morro do Castelo. Mas isso só duraria até 1922, quando o Prefeito do Distrito Federal, engenheiro Carlos Sampaio, decretou o fim do morro. Foram muitas as justificativas, entre elas a falta de espaço para abrigar a exposição comemorativa do centenário da Independência. Diziam, também, que o Morro do Castelo prejudicava a ventilação da área central da cidade. Assim, com jatos d’água, motores elétricos e máquinas a vapor, acabaram com o berço da cidade.
Mesmo tendo o Rio um milhão e duzentos mil habitantes coube a um paulista, Monteiro Lobato, reagir contra a obra. Foram demolidos 300 imóveis e retirados 66 mil metros cúbicos de terra. A população foi removida para os subúrbios e os principais objetos de valor, como o marco inaugural da cidade, pinturas e esculturas do século 17, transferidos para vários pontos da cidade. No Colégio Santo Inácio estão as imagens do Cristo Crucificado, de João Evangelista e da Virgem Maria, além da Porta Principal da antiga Igreja dos Jesuítas. Na Igreja dos Capuchinhos estão o Marco Inaugural e túmulo de Estácio de Sá.
A terra retirada do Castelo foi usada para aterrar parte da Urca, Lagoa Rodrigo de Freitas, Jardim Botânico, área do Jóquei Clube, e muitas áreas da baía de Guanabara. Vale lembrar que a Rua Santa Luzia, onde estão a Igreja de Santa Luzia e a Santa Casa de Misericórdia, ficava junto ao mar.
Anúncios










Recursos podem garantir Lula na disputa de 2018

Ex-presidente terá possibilidade de recorrer ao Superior Tribunal de Justiça ou ao Supremo
Lula durante discurso na semana passada
Lula durante discurso na semana
passada
Marcelo
Gonçalves/Sigmapress/Folhapress
 15.7.2017
Nem mesmo uma possível condenação no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) poderá impedir que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concorra à Presidência da República em 2018.
Existem pelo menos dois cenários em que o nome de Lula poderá ser votado nas urnas após condenação em segunda instância.
O primeiro é por meio de alguma liminar em que um ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) ou do STF (Supremo Tribunal Federal) venha a conceder perante um recurso da defesa.
A situação não é rara, segundo o ex-ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Henrique Neves, pois vários candidatos a outros cargos políticos conseguiram isso nas eleições de 2014 e 2016", afirmou.
"Ele poderá pedir no STJ uma suspensão dos efeitos da condenação eventual do TRF-4. Resta saber...Continue lendo...

Ração com planta nativa pode enriquecer carne de peixe na Amazônia

O estudo foi desenvolvido até ao momento com peixes jovens, que ainda não servem para consumo, mas a pesquisa já mostrou resultados bem positivos
A ração é feita com uma planta nativa da Amazônia e poderá fazer com que o peixe tambaqui tenha mais qualidade e seja mais saudável quando for consumido. A ração é resultado de pesquisa desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) na Amazônia Ocidental.
A pesquisa até agora foi desenvolvida com peixes muito jovens, que ainda não servem para consumo, mas...Continue lendo...

PRIMEIRO VOO DIRETO ENTRE JAPÃO E PORTUGAL

 http://www.tryplisboaaeroporto.com/Files/Images/Tryp/LisboaAeroporto/Hotel/Galeria/12.jpg

No passado sábado dia 15 de Julho, chegou ao aeroporto da Portela de Sacavém o primeiro voo de uma série de quatro voos charters especiais patrocinados pelo maior grupo turístico Japonês a Japan Travel Bureau.
A China também vai patrocinar esse tipo de voo para Portugal.

Mas com Portugal a crescer na Economia, com previsão de mais de dois por cento em 2017, o aeroporto de Lisboa, construido em plena 2ª guerra mundial, já não atende ao intenso tráfego aéreo internacional, principalmente turístico e terá que passar...Continue lendo...

Defesa de Lula diz que julgamento de Moro envergonha o Brasil

 
Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva do partido dos trabalhadores, condenado nesta quarta-feira (12/7) a nove anos e seis meses de prisão pelo juiz federal Sérgio Moro, dizem que a decisão do magistrado " ataca o Estado de Direito do Brasil, a democracia e os direitos humanos básicos de Lula". Para eles, o julgamento feito por Moro "envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político".

Em comunicado divulgado na página de Lula nas redes sociais, os advogados de defesa deste, dizem...Continue lendo...

RAMON RETORNA AO VASCO DA GAMA PEDINDO DESCULPA À TORCIDA VASCAÍNA POR SUAS DECLARAÇÕES OFENSIVAS AO CLUBE QUE O PROJETOU NO FUTEBOL



 Ramon 450O Vasco anunciou oficialmente na quinta feira(29/6/17) a contratação do lateral esquerdo Ramon de 29 anos, que teve uma passagem pelo clube cruzmaltino entre os anos de 2009 e 2011.

Ramon estava jogando no futebol da Turquia desde 2013 (Besiktas e Antalyasp, mas ainda em 2013, seu passe que pertencia ao Corinthians, foi vendido aos turcos.
No seu retorno ao clube da Colina Histórica, sua primeira declaração foi pedir desculpas à imensa torcida vascaína por uma declaração polêmica que fez quando estava no Flamengo, em 2012.
"Primeiramente, quero pedir desculpas por tudo o que falei. A gente as vezes, quando é jovem, comete erros, mas...Continue lendo...