A HISTÓRIA DO SPORTING CLUBE DE BRAGA

Sporting Clube de Braga
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nome: Sporting Clube de Braga

Alcunhas: Arsenalistas, Arcebispos, Braguistas, Bracarenses e Guerreiros do Minho
Fundação: 1921 (90 anos)
Estádio: Estádio AXA
Capacidade: 30.286 pessoas
Localização: Braga
Presidente: António Salvador
Treinador: Leonardo Jardim
Patrocinador: AXA
Material esportivo: Itália Macron
Competição: Primeira Liga
2010/2011: 4.º lugar
2009/10: 2.º lugar
2008/09: 5.º lugar
Brazão do Braga
O Sporting Clube de Braga, frequentemente tratado por apenas Sporting de Braga, Braga ou pelo acrónimo SCB, é um clube desportivo fundado oficialmente em 19 de Janeiro em 1921 e sediado na cidade de Braga, em Portugal. Trata-se de um clube eclético que, para além do futebol, se distingue em modalidades como o atletismo e a natação, tendo já vencido vários troféus nacionais e internacionais. Atualmente milita na Primeira Liga de futebol.

O Sporting de Braga é hoje um clube de referência nacional que disputa a hegemonia dos três principais clubes portugueses (Porto, Benfica e Sporting).
O clube dispõe de um palmarés significativo que inclui a conquista da Taça de Portugal na época de 1966/67 e da Taça Federação Portuguesa de Futebol em 1976/77. Nas últimas épocas classificou-se repetidamente nos cinco primeiros postos do campeonato português, assegurando presença assídua na Taça UEFA com resultados meritórios. A conquista da Taça Intertoto em 2008, o segundo lugar no Campeonato em 2010, a presença inédita na edição 2010/11 da Liga dos Campeões e o segundo lugar na Liga Europa da UEFA de 2010-11, constituem-se como momentos ímpares da afirmação internacional do clube português que mais tem crescido nos últimos anos.

O crescimento desportivo tem sido acompanhado pelo aumento significativo do número de sócios. Atualmente, o Braga conta com mais de 25.000 sócios, que acompanham a equipa de forma especial. No final da época de 2009/10, quando o clube disputava o primeiro lugar do campeonato com o Benfica, vários milhares de adeptos acompanharam a equipa nas deslocações às cidades de Leiria e Figueira da Foz. Em casa, o jogo com mais adeptos foi a recepção ao Marítimo da Ilha da Madeira em 14 de Fevereiro de 2010, que contou com 30.184 espectadores nas bancadas do Estádio Axa.

Tem como principal rival o Vitória de Guimarães, o seu "vizinho" de cidade com quem protagoniza o "Derby do Minho".

História

O clube foi oficialmente fundado em 19 de Janeiro de 1921, mas o processo de criação inicou-se mais cedo, em meados do ano de 1919, quando um grupo de jovens, na sua maioria estudantes, de onde se destacaram Celestino Lobo, Carlos José de Morais, os irmãos Carvalho, Eurico Sameiro, Costinha, João Gomes, (que viria a ser o seu primeiro presidente) e ainda Joaquim de Oliveira Costa se reuniram à volta da ideia de criar um clube de futebol que representasse a cidade de Braga. O primeiro jogo do clube foi disputado no campo do Antigo Colégio de Espírito Santo, frente à equipa do Algés e Dafundo. O primeiro campo do Sporting de Braga localizava-se na Quinta Mitra, propriedade do Estado que a Sociedade de Melhoramentos de Braga tomou para arrendamento e onde se fez um pequeno campo para a prática do futebol.

Depois de várias épocas na Segunda Divisão Nacional, o Sporting de Braga ascende pela primeira vez à Primeira Divisão Nacional ao sagrar-se campeão nacional da Segunda Divisão em 29 de Janeiro de 1947 com uma vitória por 2-0 sobre o "Onze Unidos", no Montijo.

Em 1950 foi inaugurado o Estádio 28 de Maio (atualmente denominado Estádio 1º de Maio) e o Braga passou a contar com uma casa com capacidade para cerca de 40.000 espectadores. Nas décadas de 50 e 60, o clube começa a consolidar a sua presença na Primeira Divisão Nacional, alcançando o quinto lugar nas épocas de 1953-1954, 1954-1955 e 1957-1958. Em 1961 cai à Segunda Divisão e só havia de regressar à Primeira Divisão Nacional em 20 de Abril de 1964 ao vencer o Sporting da Covilhã por 4-1 perante 38.000 espectadores, naquela que foi a maior enchente do Estádio 28 de Maio após a inauguração. Em 20 de Maio de 1964 o Braga sagrava-se campeão nacional da Segunda Divisão pela segunda vez, ao vencer em Coimbra o Torreense por 2-1.

Em 22 de Maio de 1966 o Braga venceu a Taça de Portugal no Estádio do Jamor em Lisboa, ao derrotar o Vitória de Setúbal por 1-0, com um golo de Perrichon. Com a vitória na Taça e o consequente acesso à Taça das Taças, estava garantida, pela primeira vez, a participação numa prova internacional de futebol. Após este sucesso, o clube volta a viver dificuldades e acaba por cair na Segunda Divisão na época de 1969-1970. Contudo, em 1974-1975 retorna à Primeira Divisão Nacional onde permanece desde então. O Sporting Clube de Braga, logo depois de Porto, Benfica e Sporting, é o quarto clube há mais anos consecutivos na Primeira Divisão Nacional. Em 1976-1977 vence a Taça Federação Portuguesa de Futebol, prova que apenas contou com uma edição.

No presente século, o clube altera radicalmente o modelo de gestão com a eleição de António Salvador e inicia uma era de resultados que o projetam em termos nacionais e internacionais. Também a nível de insfraestruturas, o clube passa a utilizar o Estádio Municipal de Braga, construído para o Euro 2004. Desde a época 2003-2004 participa ininterruptamente nas competições europeias, tendo conquistado a Taça Intertoto na época 2008-2009 e atingido os oitavos-de-final da Taça UEFA nas épocas 2006-2007 e 2008-2009. Em 2010, depois de sagrar-se vice-campeão nacional, participa pela primeira vez na Liga dos Campeões.

Na temporada 2010-2011, o Braga fez a sua estreia na Liga dos Campeões em casa, numa vitória por 3-0 contra o Celtic, na primeira mão da terceira pré-eliminatória. Apesar de ter perdido a segunda partida fora de casa por 2-1 no Celtic Park, passou para a próxima ronda com um resultado agregado de 4-2. Na quarta ronda de qualificação, venceu o Sevilla FC por 1-0 em casa e 4-3 fora, entrando assim na fase de grupos da Liga dos Campeões pela primeira vez.

A 15 de Setembro de 2010, o Braga foi derrotado por 6-0 pelo Arsenal fora de casa, na sua primeira fase de grupos.

A 28 de Setembro de 2010, o Braga perdeu por 3-0 contra o Shakhtar Donetsk.

A 19 de Outubro de 2010, em Braga venceu por 2-0 contra o Partizan. Duas semanas depois, no dia 3 de Novembro de 2010, o Braga venceu por 1-0 o Partizan, em Belgrado.

A 23 de Novembro de 2010, o Braga bateu o Arsenal por 2-0 em casa, mantendo as suas esperanças de se classificar para a fase eliminatória.

No entanto, a 9 de Dezembro de 2010, o Braga perdeu por 2-0 com o Shakhtar Donetsk, enquanto o Arsenal FC venceu o Partizan por 3-1. O resultado fez com que o Shakhtar Donetsk e o Arsenal avançassem para a segunda ronda, mas o Braga terminou em terceiro no grupo para se qualificar para a fase eliminatória da Liga Europa, onde viria a eliminar o Lech Poznan (2-1 em agregado), o Liverpool (1-0 em agregado, chegando pela primeira vez aos quartos-de-final da Liga Europa), o Dínamo de Kiev (1-1 em agregado), avançando para as semifinais da Liga Europa pela primeira vez, através da regra dos golos fora de casa) e o Benfica (2-2 em agregado), avançando para a final da Liga Europa pela primeira vez, através da regra dos golos fora de casa).

No dia 18 de Maio de 2011, o Braga perdeu com o Porto por 1-0 na final da Liga Europa 2010-2011 no Aviva Stadium(Dublin), acabando o seu sonho europeu.

Palmarés

* Vice-Campeão Nacional de Futebol: 2009-2010
* Vencedor da Taça de Portugal: 1965-1966
* Vencedor da Taça da FPF: 1976-1977
* Campeão Nacional da 2ª Divisão: 1946-1947, 1963-1964

Estádio 28 de Maio de Braga
Inaugurado em 28 de Maio de 1950 para celebrar a Revolução de 28 de Maio, que partira da cidade de Braga em 1926, o Estádio 28 de Maio é um marco no panorama arquitetónico português. O estádio foi idealizado pelo arquiteto Travassos Valdez para ombrear com o Estádio Nacional do Jamor e, tal como este, é todo construído em pedra. Foi a casa do Sporting de Braga até Dezembro de 2003.

Estádio Municipal de Braga

Em 30 de Dezembro de 2004, o Sporting de Braga inaugurou o Estádio Municipal de Braga com uma vitória por 1-0 (golo de Paulo Jorge) em partida amigável com o Celta de Vigo. Trata-se de um estádio moderno, projetado pelo prestigiado arquitecto português Eduardo Souto Moura e construído para receber os jogos do Euro 2004. O estádio foi, por diversas vezes, considerado um dos mais originais e belos estádios do mundo, tendo obtido várias distinções nacionais e internacionais. Desde a inauguração, o estádio encheu em várias partidas e tem registado uma média crescente de espectadores.

Assistências nos Jogos da Liga

Média
2005/06 196.356
2006/07 183.838
2007/08 234.211
2008/09 158.278
2009/10 214.112
2010/11 217.630

Plantel 2011/12

Guarda-redes(goleiro)
1 Portugal- Quim
32 Itália- Berni
77 Brasil- Marcos

Defesas

2 Brasil- Rodrigo Galo
13 Portugal- Henrique
23 Portugal- Emmanuel Imorou
20 Nigéria- Elderson
4 Portugal- André Coelho
5 Brasil- Ewerton
15 Brasil- Baiano
26 Brasil- Paulo Vinícius

Centro-campistas
6 Brasil- Vinicius
8 Brasil- Mossoró Capitão
Espanha- Fran Mérida
Brasil- Gérson Magrão
25 Brasil- Leandro Salino
27 Portugal- Custódio
22 Chade- Djamal
40 Brasil- Guilherme
45 Portugal- Hugo Viana Capitão

Avançados
7 Portugal- Ukra
9 Brasil- Paulo César
10 Portugal- Hélder Barbosa
29 Cabo Verde- Zé Luís
99 Brasil- Douglas
14 Brasil- Lima
19 Camarões- Meyong
21 Portugal- Nuno Gomes
30 Brasil- Alan Capitão
31 Portugal- Pizzi
18 Brasil- Brunno Azevedo

Treinador
Portugal Leonardo Jardim

I Liga / 1ª Divisão
o 2º lugar: 09/10
o 4º lugar: 77/78, 78/79, 83/84, 96/97, 00/01, 04/05, 05/06, 06/07, 10/11
o 5º lugar: 53/54, 54/55, 57/58, 03/04, 08/09
o 6º lugar: 80/81, 82/83, 88/89
o 7º lugar: 50/51, 58/59, 75/76, 81/82, 90/91, 07/08
o 8º lugar: 48/49, 49/50, 51/52, 76/77, 84/85, 95/96
o 9º lugar: 66/67, 67/68, 79/80, 85/86, 99/00
o 10º lugar: 64/65, 65/66, 94/95, 97/98, 98/99
o 11º lugar: 86/87, 87/88, 91/92
o 12º lugar: 59/60, 68/69, 89/90, 92/93
o 13º lugar: 47/48, 52/53, 60/61, 69/70
o 14º lugar: 55/56, 02/03
o 15º lugar: 93/94

* Taça de Portugal
o Vencedor: 65/66
o Finalista: 76/77, 81/82, 97/98
o Semifinalista: 64/65, 66/67, 77/78, 78/79, 85/86, 88/89, 01/02, 03/04, 06/07

* Taça da FPF
o Vencedor: 76/77

* Taça da Liga
o 3ª ronda: 07/08, 09/10, 10/11
o 2ª ronda: 08/09


Guarda redes(goleiro)

* Portugal Quim
* Portugal Eduardo
* Portugal Rui Correia
* Portugal Armando
* Portugal Paulo Santos

Defesas

* Portugal- Zé Nuno Azevedo
* Portugal- Dito
* Brasil- Moisés
* Portugal Sílvio
* Portugal- Artur Jorge
* Brasil- João Cardoso
* Portugal- Paulo Jorge
* Portugal- Nunes
* Peru- Rodríguez

Médios

* Portugal- Tiago
* Portugal- Castanheira
* Brasil- Vandinho
* Portugal- Barroso
* Brasil- Mossoró
* Brasil- Alan
* Portugal- Fernando Pires
* Portugal- João Mendonça
* Uruguai- Luis Aguiar
* Portugal- Hugo Viana

Avançados

* Portugal- Nuno Gomes
* Portugal- Jorge Mendonça
* Portugal- Fernando Mendonça
* Croácia- Karoglan
* Hungria- Miklós Fehér
* Portugal- João Pinto
* Portugal- Pedro Lavoura
* Portugal- Chico Faria
* Portugal- Alberto Augusto
* Brasil- Wender
* Brasil- Matheus
* Portugal- Chico Gordo
* Portugal- João Tomás
* Brasil- Lima
* Brasil- Brunno Azevedo

Treinadores Notáveis

* Portugal- Domingos Paciência
* Portugal- Jesualdo Ferreira
* Portugal- Manuel Cajuda
* Hungria- Josef Szabo
* Espanha- Fernando Castro Santos


Claques Organizadas(torcidas organizadas)

* Red Boys
* Bracara Legion

Ver também

* Cidade de Braga
* Estádio Municipal de Braga
* Estádio 1.º de Maio (Braga)
* Euro 2004
* António Salvador

Depois de várias épocas na Segunda Divisão Nacional, o Sporting de Braga ascende pela primeira vez à Primeira Divisão Nacional ao sagrar-se campeão nacional da Segunda Divisão em 29 de Janeiro de 1947 com uma vitória por 2-0 sobre o "Onze Unidos", no Montijo.

Em 1950 foi inaugurado o Estádio 28 de Maio (atualmente denominado Estádio 1º de Maio) e o Braga passou a contar com uma casa com capacidade para cerca de 40.000 espectadores. Nas décadas de 50 e 60, o clube começa a consolidar a sua presença na Primeira Divisão Nacional, alcançando o quinto lugar nas épocas de 1953-1954, 1954-1955 e 1957-1958. Em 1961 cai à Segunda Divisão e só havia de regressar à Primeira Divisão Nacional em 20 de Abril de 1964 ao vencer o Sporting da Covilhã por 4-1 perante 38.000 espectadores [carece de fontes?], naquela que foi a maior enchente do Estádio 28 de Maio após a inauguração. Em 20 de Maio de 1964 o Braga sagrava-se campeão nacional da Segunda Divisão pela segunda vez, ao vencer em Coimbra o Torreense por 2-1.

Em 22 de Maio de 1966 o Braga venceu a Taça de Portugal no Estádio do Jamor ao derrotar o Vitória de Setúbal por 1-0, com um golo de Perrichon. Com a vitória na Taça e o consequente acesso à Taça das Taças, estava garantida, pela primeira vez, a participação numa prova internacional de futebol. Após este sucesso, o clube volta a viver dificuldades e acaba por cair na Segunda Divisão na época de 1969-1970. Contudo, em 1974-1975 retorna à Primeira Divisão Nacional onde permanece desde então. O Sporting Clube de Braga, logo depois de Porto, Benfica e Sporting, é o quarto clube há mais anos consecutivos na Primeira Divisão Nacional. Em 1976-1977 vence a Taça Federação Portuguesa de Futebol, prova que apenas contou com uma edição.

No presente século, o clube altera radicalmente o modelo de gestão com a eleição de António Salvador e inicia uma era de resultados que o projetam em termos nacionais e internacionais. Também a nível de infraestruturas, o clube passa a utilizar o Estádio Municipal de Braga, construído para o Euro 2004. Desde a época 2003-2004 participa ininterruptamente nas competições europeias, tendo conquistado a Taça Intertoto na época 2008-2009 e atingido os oitavos-de-final da Taça UEFA nas épocas 2006-2007 e 2008-2009. Em 2010, depois de sagrar-se vice-campeão nacional, participa pela primeira vez na Liga dos Campeões.

Na temporada 2010-2011, o Braga fez a sua estreia na Liga dos Campeões em casa, numa vitória por 3-0 contra o Celtic, na primeira mão da terceira pré-eliminatória. Apesar de ter perdido a segunda partida fora de casa por 2-1 no Celtic Park, passou para a próxima ronda com um resultado agregado de 4-2. Na quarta ronda de qualificação, venceu o Sevilla FC por 1-0 em casa e 4-3 fora, entrando assim na fase de grupos da Liga dos Campeões pela primeira vez.

A 15 de Setembro de 2010, o Braga foi derrotado por 6-0 pelo Arsenal fora de casa, na sua primeira fase de grupos.

A 28 de Setembro de 2010, o Braga perdeu por 3-0 contra o Shakhtar Donetsk.

A 19 de Outubro de 2010, em Braga venceu por 2-0 contra o Partizan. Duas semanas depois, no dia 3 de Novembro de 2010, o Braga venceu por 1-0 o Partizan, em Belgrado.

A 23 de Novembro de 2010, o Braga bateu o Arsenal por 2-0 em casa, mantendo as suas esperanças de se classificar para a fase eliminatória.

No entanto, a 9 de Dezembro de 2010, o Braga perdeu por 2-0 com o Shakhtar Donetsk, enquanto o Arsenal FC venceu o Partizan por 3-1. O resultado fez com que o Shakhtar Donetsk e o Arsenal avançassem para a segunda ronda, mas o Braga terminou em terceiro no grupo para se qualificar para a fase eliminatória da Liga Europa, onde viria a eliminar o Lech Poznan (2-1 em agregado), o Liverpool (1-0 em agregado, chegando pela primeira vez aos quartos-de-final da Liga Europa), o Dínamo de Kiev (1-1 em agregado, avançando para as semifinais da Liga Europa pela primeira vez, através da regra dos golos fora de casa) e o Benfica (2-2 em agregado, avançando para a final da Liga Europa pela primeira vez, através da regra dos golos fora de casa).

No dia 18 de Maio de 2011, o Braga perdeu com o Porto por 1-0 na final da Liga Europa 2010-2011 no Aviva Stadium(Dublin), acabando o seu sonho europeu.

Equipa Feminina de Voleibol do S. C. Braga












Conheça a cidade onde nasceu o Sporting Clube de Braga

Braga
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Coordenadas: 41° 32' N 08° 25' O

Brasão Bandeira



Localização de Braga

O Distrito de Braga é um distrito português, pertencente à província tradicional do Minho. Limita a norte com o Distrito de Viana do Castelo e com Espanha, a leste com o Distrito de Vila Real, a sul com o Distrito do Porto e a oeste com o oceano Atlântico. Tem uma área de 2 673 km² (15.º maior distrito português) e uma população residente de 866 012 habitantes (2009)[1]. A sede do distrito é a cidade com o mesmo nome.

Gentílico: bracarense, bracaraugustano, brácaro, braguês

Área: 183,4 km²
População: 181 819 hab. (2011[1])
Densidade populacional: 991,38 hab./km²
N.º de freguesias: 62
Presidente da Câmara Municipal: Mesquita Machado (PS)
Mandato: 2009-2013
Fundação do município (ou foral)
Região (NUTS II): Norte
Sub-região (NUTS III): Cávado
Distrito: Braga
Antiga província: Minho
Orago: São Geraldo
Arcebispo: Primaz de Braga
Feriado municipal: 24 de Junho
Código postal: 4700 Braga
Endereço dos Paços do Concelho: Praça do Município, 4704-514 Braga
Sítio oficial http://www.cm-braga.pt
Endereço de correio electrónico: municipe@cm-braga.pt

Braga é a mais antiga cidade portuguesa e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo; fundada no tempo dos romanos como Bracara Augusta, conta com mais de 2 000 anos de História como cidade. Situada no Norte de Portugal, mais propriamente no Vale do Cávado, Braga possui 181 819 habitantes no seu concelho (2011), sendo o centro da região minhota, com mais de um milhão de habitantes (2007).
Escolhida pelo Fórum Europeu da Juventude para
Capital Europeia da Juventude em 2012, é uma cidade cheia de cultura e tradições, onde a História e a religião vivem lado a lado com a indústria tecnológica e com o ensino universitário.
Na gíria popular é conhecida como, a "Cidade dos Arcebispos". Durante séculos, o seu Arcebispo foi o mais importante na Península Ibérica; É ainda detentor do título de Primaz das Espanhas.
Também é conhecida como a cidade dos arcebispos.

Maiores detalhes sobre a cidade de Braga, clicar em ...Assim Nasceu Braga...

Matéria em construção...
Sé Catedral de Braga

0 comentários:

Postar um comentário